Blog

Sua empresa está pronta para exportação?

Um negócio pronto para exportar é aquele que tem capacidade administrativa, recursos e gerenciamento para entregar um produto ou serviço comercializável em uma escala global a um preço competitivo, estas são as premissas fundamentais para um negócio voltado ao mercado internacional; a questão é determinar se estas premissas para exportar, são factíveis para a sua empresa no momento presente – e se não for, como fazer isso acontecer no futuro.

Para ter sucesso nos mercados internacionais, você não precisa ser uma grande empresa, pois existem dezenas de milhares de pequenas e médias empresas ao redor do mundo – que realizam vendas no mercado internacional – e estão gerando riqueza para suas empresas e seus países também. Avaliar seu potencial de exportação, para seu produto ou serviço e assim encontrar um mercado valioso fora do Brasil é o primeiro passo nesta jornada de construção de um novo patamar empresarial para as pequenas e médias empresas nacionais.

O primeiro passo para iniciar um projeto de internacionalização, é pensar sobre os recursos e os conhecimentos que sua empresa já possui, considere os seguintes pontos de partida abaixo, para sua avaliação inicial:

  • Objetivos claros que deseja conseguir no mercado de exportação, e se são exequíveis,
  • Uma idéia realista do que implica exportação e os prazos para resultados,
  • Uma abertura para novas formas de fazer negócios.

Outro aspecto relevante para a estruturação de um negócio de exportação é compreensão sobre os requisitos dos Recursos Humanos da empresa, para ter sucesso no mercado internacional, veja a lista abaixo de requisitos essenciais:

  • Capacidade de lidar com a demanda extra associada à exportação,
  • Alta-administração comprometida com a exportação,
  • Maneiras eficientes de responder rapidamente às perguntas dos clientes,
  • Pessoal com habilidades de marketing culturalmente sensíveis ao mercado externo,
  • Formas de lidar com barreiras linguísticas para comunicação com clientes internacionais,
  • Obter capital suficiente ou linhas de crédito para produzir o produto ou serviço,
  • Encontrar formas de reduzir os riscos financeiros do comércio internacional,
  • Encontrar pessoas para assessorar sobre as implicações legais e fiscais da exportação,
  • Pessoas que saibam lidar efetivamente com diferentes sistemas monetários e garantir a    proteção de sua propriedade intelectual, como design, tecnologia e marcas.
  • Capacidade técnica para produzir com qualidade e competitividade, um produto ou serviço, que seja potencialmente viável em seu mercado-alvo
  • Recursos para fazer pesquisas de mercado sobre a exportabilidade do seu produto ou serviço para os mercado-alvo potenciais.

Avaliar a demanda pelos produtos e serviços que você está oferecendo, é a segunda etapa do processo de viabilização de um negócio de exportação, seria imprudente trabalhar na melhoria da estrutura interna de nossas empresas, sem ter muito bem definido o potencial de compra dos mercados alvo que desejamos conquistar, portanto investir em eventos, seminários e café-da-manhã de negócios, podem ser excelentes oportunidades para criar relacionamentos com possíveis Clientes, contudo para conseguir retorno sobre este tipo de investimento de marketing, é necessário verificar o tamanho do mercado alvo e a disponibilidade para importar bens e serviços.

Abaixo estão algumas considerações, para você analisar o potencial de exportação de seus produtos / bens ou serviços:

  • Segmentar os perfis dos tipos de clientes/canais de distribuição para seu produto,
  • Verificar quem já usa produtos/serviços similares aos seus, no mercado alvo?
  • O seu produto ou serviço é de uso geral ou limitado a um grupo específico?
  • Seu produto ou serviço é popular para uma determinada faixa etária?
  • Existem outros padrões demográficos significativos para seu uso?
  • Que fatores climáticos ou geográficos afetam o uso de seu produto ou serviço?
  • São necessárias modificações para tornar seu produto atraente para clientes estrangeiros?
  • Qual é a vida útil de seu produto? Isso será reduzido pelo tempo em trânsito internacional?
  • A embalagem pode ser modificada facilmente para satisfazer as demandas de clientes estrangeiros?
  • É necessária documentação especial para atender a alfandega do pais de destino?
  • O seu produto tem de satisfazer quaisquer requisitos técnicos ou regulamentares no destino final?
  • Com que facilidade o seu produto pode ser transportado, nos diversos modais de transporte?
  • Os custos de transporte tornarão os preços competitivos um problema para seu Cliente?
  • Representação local – Você precisa de um representante local para os esforços de marketing, vendas e assistência técnica?
  • Os produtos requerem montagem profissional ou outras habilidades técnicas?
  • O serviço pós-venda é necessário? Se assim for, ele estará disponível localmente ou você tem que fornecê-lo? Você tem os recursos para fazer isso exportando serviços?
  • Se você estiver exportando serviços, o que é único ou especial na sua oferta?
  • Seus serviços podem ser considerados de classe mundial? Sob qual padrão de Qualidade?
  • Você precisa modificar seus serviços para permitir diferenças na linguagem, cultura e ambiente de negócios?
  • Como você planeja entregar seus serviços: pessoalmente, com um parceiro local ou por meios eletrônicos, como a Internet? Capacidade
  • Sua empresa será capaz de atender tanto seus clientes domésticos existentes e seus novos clientes estrangeiros?
  • Se a sua demanda interna aumentar, você ainda será capaz de cuidar de seus clientes de exportação e vice-versa?

Inovação de ciência e tecnologia e negócios internacionais historicamente, não são os principais produtos exportados pelo Brasil, são os recursos naturais e as commodities que representam mais de 80% de nossa oferta exportável, portanto buscar diferenciais para exportar maior valor agregado é uma oportunidade e uma necessidade estratégica para os Exportadores Brasileiros.

Em um mercado global, a diversificação de nossas exportações em ciência e tecnologia (S & T) inovação é essencial para manter uma economia robusta e adaptável. O Governo Brasileiro estabeleceu o desenvolvimento das exportações de valor agregado, como uma das principais prioridades económicas para o futuro de nossas exportações, Isso inclui pesquisa e desenvolvimento (P & D) e a transferência de inovações para o mercado global.

A observância de um planejamento bem estruturado, e que procuramos detalhar ao longo deste guia passo-a-passo para Exportação, irá certamente contribuir para o sucesso no desenvolvimento do seu projeto de Exportação, portanto reforçamos o estudo deste material em conjunto com sua equipe de trabalho e a realização das ações estratégicas propostas neste artigo, assim teremos mais e mais inserção de exportadores brasileiros com sucesso – em última instância, estas iniciativas empreendedores certamente conduzirão a um padrão de vida mais alto para todas as pessoas e empresas brasileiras.

*Carlos Moura | Trader e Conferencista Internacional

Administrador de Empresas, Pós-graduado em Marketing e Master-Coach
Fundador e Apresentador da Aceleradora de Exportações
CEO da Athena Trading International
Ex-Trader do Grupo Santista Têxtil
Conselheiro da Camara de Comércio Exterior de Campinas e Região
Embaixador no Brasil da Camara Internacional de Conferencista – com sede no México
www.carlos-moura.com
www.aceleraexport.com
https://www.youtube.com/channel/UCry-VWYZG8jjY26DHyaHQ2w/videos

0

About the Author:

  Posts Relacionados
  • No related posts found.

Add a Comment